Importância da água para humanidade

Muitas pessoas acham que a água do nosso planeta nunca irá acabar, pois o nosso planeta é quase todo coberto de água. Mas dos 100% de água que existe no planeta, 2,7% nós podemos consumir, e os outros 97,3% de água não podemos, pois é água salgada presente nos mares e oceanos. Você pode achar que estes 2,7% de água podem ser bastante coisa, mas não é, pois destes 2,7% de água 77,20% estão congeladas nas calotas polares, 22,40% são águas subterrâneas e 0,01% está na atmosfera do planeta Terra. Temos 1% de água distribuída desigualmente pela Terra para atender a mais de 6 bilhões de pessoas(população mundial)

A Água é fundamental para todo ser vivo!

Todos devem conhecer um pouco sobre a importância da água. Muitas pessoas desconhecem ou fingem não saber o valor que a água tem em nossa vida. Se pararmos um minuto para pensar e observar, é possível descobrir que a água tem mil e uma utilidades, se você fica somente um dia sem bebê-la ou usá-la, com certeza já vai notar as diferenças.

Água é sinônimo de vida, ela faz bem para exatamente tudo. Além de hidratar o nosso corpo internamente, para que nosso organismo continue ativo, também ajuda externamente. E é bom lembrar que a água é a principal responsável no preparo das comidas, por isso é tão necessário economizá-la e não desperdiçá-la, pois ninguém sabe até quando ela vai durar.

Dentre muitos motivos para consumir os 2 litros de água por dia necessário, destacam-se:

Facilita a Digestão

A água ajuda na formação de enzimas (substâncias que facilitam as reações químicas no organismo) e também da saliva e do suco gástrico, que atuam na digestão.

Desintoxica e previne a celulite

Grande parte das toxinas é expulsa do nosso organismo por meio da urina e do suor. Por dia, eliminamos 1 litro e meio de urina e o equivalente a um copo de água na transpiração. Se não houver hidratação suficiente, esse processo e a sua saúde ficam comprometidos. Todo esse conjunto, aliado à melhora na circulação sanguínea, acaba prevenindo o aparecimento de celulite.

Fortalece unhas e cabelos

Sem uma hidratação adequada o volume de sangue diminui, assim as vitaminas e os minerais que ele carrega demoram mais tempo para chegar às células e, consequentemente, na pele e nas extremidades como cabelo e unhas.

Melhora o Desempenho na malhação

O melhor desempenho em atividades físicas ocorre porque as fibras musculares conseguem se mover com mais facilidade, o que reduz o risco de cãibras e de contusões.

Reduz Infecções

Ao mantê-lo hidratado, você assegura que seu corpo será bem nutrido pelo sangue. É ele também que transporta minerais, como o ferro, importante para fortalecer as defesas do organismo.

Ajuda no processo de emagrecimento

Isso acontece principalmente quando ela é consumida junto com fibras solúveis, encontradas, por exemplo, nas frutas e na aveia. Em contato com a água, as fibras incham como uma esponja e dão sensação de saciedade.

Regula a Temperatura

Por meio da transpiração, a água evita que o organismo entre em colapso com alterações bruscas de temperatura e faz com que ele se adapte ao ambiente.

Ajuda na Absorção dos nutrientes

Vale lembrar que é o sangue que carrega a glicose e outros nutrientes para as células, alimentando-as. E só uma hidratação adequada garante o volume ideal de sangue para transportar os nutrientes. Além disso, para serem absorvidos, eles precisam da água. É o caso das vitaminas C e do complexo B, que reforçam nossas defesas.

Dicas para você economizar água

 

Lavagem a seco é o ideal para seu carro

Apesar do nome, a lavagem de carros a seco não elimina totalmente o uso de água. No entanto, o volume utilizado é muito menor que na técnica tradicional. Enquanto o processo normal pode gastar até 500 litros d’água em uma lavagem (dependendo do tamanho do veículo), a técnica a seco não gasta mais que 300 ml de água. Assim, procure saber quais lugares perto de você fazem esse tipo de lavagem. Você vai ver que o custo será tão ou mais acessível para o seu bolso quanto o do método tradicional. A lavagem a seco substitui a água por um produto à base de cera de carnaúba, um produto biodegradável, que se degrada automaticamente na natureza em até cinco dias. É retirado da natureza e devolvido sem poluir rios, mananciais e respeitando o ser humano, não o colocando em contato com produtos a base de ácidos e soda cáustica.

 

Lave menos suas roupas, poupe mais.

 

Alguns hábitos são mais difíceis de mudar do que outros. E no que diz respeito à água, um dos mais difíceis é: precisamos mesmo lavar as nossas roupas a cada uso? Não podemos vestir esta blusa ou aquela calça mais de uma vez? Quanto mais vezes você usar as suas roupas, sem lavá-las a cada vez, menos água estará sendo consumida. Além disso, as roupas vão ter um desgaste menor e durar mais tempo.

A máquina de lavar roupa pode ser tanto um dos grandes vilões do consumo de água nas nossas casas quanto um aliado na luta contra o desperdício. Basta usá-la da forma correta! Se você ligar a lavadora só quando a roupa a ser lavada for suficiente para usar a máquina em sua capacidade máxima, você otimiza a utilização de água e de energia, evitando perdas, uma maquina com capacidade de 5 kilos consome 135 litros de água Mas tenha cuidado para não sobrecarregar a máquina. Leia bem as instruções e esteja bem informado sobre o peso máximo que o seu equipamento suporta. No tanque, feche a torneira enquanto ensaboa as roupas.

 

Vai pro banho?

 

Controlar o tempo embaixo do chuveiro é fundamental em tempos de escassez de água. Uma dica para evitar o desperdício é colocar o alarme do seu celular para disparar dentro de 5 minutos quando você entra no banho. No início, vai faltar tempo de banho, mas você vai se acostumar, e tomar banho cada vez em menos tempo. Cada minuto que estamos com o chuveiro ligado, gastamos de 3 a 9 litros de água. Se reduzirmos nosso banho em 5 minutos por dia, o total economizado será equivalente a 150 piscinas olímpicas.

O banho de banheira pode gastar mais que o dobro da água consumida em uma chuveirada curta. Enquanto ficar embaixo do chuveiro por 5 minutos consome cerca de 80 litros, uma banheira comum usa entre 150 a 200 litros d’água para um banho.

 

Tem aquecedor a gás? Use bem a 1ª água que cai

 

Quando você usa um chuveiro aquecido a gás, toda aquela água que corre fria antes de esquentar vai embora pelo ralo, antes mesmo de você entrar no chuveiro. Para evitar esse desperdício, a dica é usar um balde para captá-la enquanto espera ela esquentar! Essa água é totalmente limpa, e pode ser usada para lavar a louça, encher o tanque ou a máquina de lavar roupa, molhar as plantas ou dar descarga no vaso sanitário. Pense que, a cada minuto de chuveiro aberto, em média, 10 litros de água limpa vão ralo abaixo ou… podem ser reaproveitados!

 

Banho do cachorro: menos pode ser mais

 

Seu cachorrinho também precisa colaborar na luta contra o desperdício! Segundo veterinários, um banho de 15 em 15 dias na mascote já é o suficiente para higienizá-lo bem. E mais do que isso: é preciso secá-lo bem para que ele não desenvolva algumas doenças de pele. Se você quiser limpá-lo a seco, consulte um especialista para saber da possibilidade de usar bicarbonato de sódio, que adere à sujeira e limpa a pelagem. Ou seja, é possível cuidar bem do seu pet e ainda economizar água!

 

Descobrir vazamento no vaso sanitário é fácil

 

Um dos maiores vilões no desperdício de água em casa é um vaso sanitário que esteja com defeito ou vazando. Que tal verificar se o seu vaso está com algum problema? Se ele tiver caixa d’água acoplada, pingue algumas gotas de corante natural dentro dela. Se o líquido colorido aparecer no vaso sem que você tenha acionado a descarga, quer dizer que a água está vazando. Se ele tiver válvula embutida, com o vaso seco, use uma caneta marca-texto para fazer um risco ao longo de todo o perímetro interno do vaso, desenhando um círculo acima do nível da água. Depois de 2 minutos, verifique se o traço apagou ou escorreu: se ele tiver escorrido, você tem um vazamento. Fácil, não é?

 

Conheça tipos mais econômicos de descarga

 

Se a válvula do vaso sanitário da sua casa for antiga, você pode considerar a possibilidade de trocá-la por um modelo mais econômico. Um tipo de descarga bastante usado para evitar o desperdício é a válvula de dupla vazão, cujo sistema conta com dois botões separados, acionando duas descargas com volumes diferentes de água: uma para líquidos e outra para sólidos, que exigem mais volume. Essas válvulas podem ser instaladas tanto em caixas acopladas quanto na tubulação da parede. A economia de água com esses modelos pode chegar a 50%.

 

Feche a torneira na hora de escovar os dentes

 

Mantenha a torneira fechada ao escovar os dentes. Se você usar apenas um copo d’água para enxaguar a boca e lavar a escova depois do uso, você gasta apenas 1,5 litro ao dia, economizando 33 litros. E veja esse dado: se todos os habitantes do Brasil fecharem a torneira ao escovar os dentes, a água economizada durante um mês será equivalente a um dia e meio do volume de água que cai nas Cataratas do Iguaçu! Já imaginou?

 

Irrigação das plantas

 

Regar as plantas e o gramado com sol forte (do meio da manhã até o meio da tarde) não é a melhor opção. E não é só porque as raízes “cozinham” na terra quente: mas também porque a diferença de temperatura entre a água e o solo favorece a evaporação. Com isso, a maior parte da rega é desperdiçada, em vez de nutrir a planta. Lembre-se: para aproveitar melhor a água, regue de manhãzinha, aproveitando o sol mais fraco, ou no fim da tarde, com o sol se pondo. Suas plantas também dão sinais para sabermos quando temos que regá-las, por exemplo: se a folhagem estiver caída, murcha ou enrugada, a planta está desidratada e precisa ser regada. Outra dica é tocar a terra com a ponta do indicador. Se o solo estiver úmido, grãozinhos ficarão grudados no dedo, indicando que ainda não é hora de regar de novo. Com isso, você adia a nova rega e economiza água.

 

Para lavar o quintal, resgate balde e vassoura.

 

Lavar a calçada ou o quintal com a mangueira traz um grande desperdício de água. Em apenas 15 minutos de uso da mangueira, são consumidos 279 litros de água. É melhor manter a frente da casa limpa apenas com uma boa vassoura. Ela também é suficiente para recolher as folhas secas e o lixo comum que ficam no quintal. Deixe o balde apenas para os casos extremos.

 

Piscina bem tratada reduz o desperdício

Muita gente acha que cuidar menos da piscina evita o desperdício de água, mas não é bem assim. Além de atrair insetos, como o temido mosquito da dengue, uma piscina de tamanho médio, com a água parada, durante um mês quente e muito seco, perde quase 4 mil litros de água por evaporação natural. Ao cobrir a piscina com uma lona adequada, cuidando para vedar o melhor possível, pode-se reduzir essa perda em 90%. Em períodos de seca, é melhor evitar o seu uso.

 

Usar um só copo evita o desperdício

Você sabia que, depois de beber um copo de água, são necessários pelo menos outros dois para lavá-lo? Sendo assim, se você passa bastante tempo em casa ou no trabalho, use um único copo ao longo do dia. Ou utilize uma garrafinha térmica ou uma caneca, mas a ideia é essa: usar vários copos para tomar água durante um dia não faz muito sentido. Hidratar-se é importante, mas sempre evitando o desperdício!

 

Vai encarar um dia quente? Carregue sua garrafa

Durante os dias mais quentes, você vai pra cima e pra baixo, gastando energia e precisando repor a água do corpo. A maneira mais racional de se hidratar é levando uma garrafinha com você o tempo todo, repondo-a com água em filtros, torneiras e outras fontes confiáveis. Assim, você economiza em copos descartáveis e evita a compra de novas garrafinhas plásticas descartáveis, que usam 1,4 a 1,65 litro de água para a produção de cada unidade.

 

Fechou bem a torneira? Tenha sempre certeza

Um dos maiores símbolos do desperdício de água é aquela torneira que passa o dia ou a noite inteira pingando, sem que ninguém se dê conta. Este pinga-pinga representa, ao longo de um ano, um gasto de 16 mil litros de água limpa e tratada, que custa cerca de R$ 1.200,00 na conta de água. Sendo assim, é melhor se certificar sempre de que o registro foi bem fechado, ensinando as crianças a fazerem o mesmo. E se a torneira não fechar direito e o pinga-pinga continuar, é hora de consertar a torneira.

 

Siga a receita! Cozinhe com a quantidade certa de água

Quando se está cozinhando, um dos segredos para consumir água com consciência é seguir as receitas à risca. Para cozinhar macarrão para uma pessoa, por exemplo, você não precisa de uma panela totalmente cheia de água, assim como não há necessidade de muita água para preparar legumes no vapor. Além disso, se não usar água demais, você vai preservar melhor os nutrientes dos alimentos. E em alguns casos, a água pode até ser usada novamente. Se você cozinhou legumes e sobrou água, reutilize-a para fazer sopas, ou espere que ela esfrie e regue as plantas.

 

Louça de molho: menos trabalho, mais economia.

Deixar a torneira da cozinha aberta gasta de 12 a 20 litros de água por minuto. Por isso, na hora de lavar a louça, o melhor é encher a pia de água e ensaboar todos os utensílios sujos, enxaguando-os depois disso, de uma vez só. Além disso, deixar pratos, talheres e panelas de molho antes de lavá-los é uma dica de ouro. Isso reduz o esforço na hora de limpar e reduz necessidade de água corrente na limpeza. Se a sujeira for aquela da grossa, recorra à água quente. Tudo contra o desperdício!

 

Gelo também é água! Saiba aproveitá-lo

Se você precisar descongelar a geladeira ou o congelador, remova as placas de gelo e reutilize sua água para regar as plantas e o jardim. E se por acaso você derrubar cubos de gelo no chão, coloque-os num recipiente para depois reaproveitar a água. Já quando você comprar um saco de gelo, use-o com inteligência: não o deixe derretendo no tanque ou no chão, e sim ponha-o dentro de um balde, para depois reutilizar a água que derreter.